Opções
  • Imprimir

    Imprimir
  • Favoritar

    Favoritar
  • Compartilhar

    Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

ArcelorMittal apoia movimento Mural Gentileza

Publicado em 10/09/2018

ArcelorMittal leva arte para os muros da capital
ArcelorMittal leva arte para os muros da capital

O domingo, 2 de setembro, foi de muita arte no Centro de Referência da Pessoa Idosa (CRPI) Vere-ador Sérgio Ferrara, localizado na Avenida Dom Pedro II, no Bairro Caiçara. Dezenas de artistas se uniram para decorar as depen-dências internas e externas do CRPI, valorizando a estrutura responsável por oferecer atividades culturais e sociais a 1500 idosos de Belo Horizonte. A iniciativa integra o programa Mural Gentileza, que conta com o apoio da ArcelorMittal e é uma parceria com a Prefeitura da capital. A ideia é estimular a implantação de jardins verticais e intervenções de arte urbana nos muros de imóveis públicos. 

A ArcelorMittal adotou o muro e agora é responsável pela sua conservação. Além de patrocinar a grafitagem, foram doados os gradis utilizados no cercamento e três portões, por meio da Belgo Bekaert Arames (BBA). “Nós já colaborávamos com a instituição, destinando recursos por meio do Fundo Municipal do Idoso de Belo Horizonte. Vimos no projeto uma oportunidade de investir mais no fortalecimento de ações para o empoderamento da pessoa idosa, além de ser uma ação de gentileza para a cidade que dá visibilidade para a marca”, explica o Gerente Geral de Relações Institucionais e Sustentabilidade da ArcelorMittal Brasil, Fernando Carvalhaes. Ele representou a empresa no evento, acompanhado do Diretor de Vendas Corporativas Aços Longos Brasil, Homero Storino, e do Engenheiro de Projeto da BBA, Gabriell Furtado.

O projeto transformou o muro de 420 m2 que circula o Centro de Referência em um dos maiores murais urbanos do município. Foram grafitadas imagens de 60 idosos que frequentam o local, bem como a presença do aço no dia a dia das pessoas. As pinturas foram executadas pelo artista Nilo Zack e por jovens artistas do Grupo de Referência da Juventude, além da participação dos idosos que tiveram sua imagem reproduzida no muro.