Responsabilidade corporativa

Compromissos

Promoção de uma economia sustentável e inclusiva

A ArcelorMittal Brasil participa ativamente de associações, no Brasil e no exterior, que reúnem outras empresas que buscam caminhos cada vez mais sustentáveis para o setor empresarial e, em particular, para o setor produtor de aço.

Para assegurar a promoção de uma economia mais sustentável e inclusiva, a Empresa mantém parcerias com universidades, instituições de pesquisa e outros setores industriais para a promoção de estudos e projetos relativos à atualização tecnológica, à novas aplicações para os seus produtos e à gestão sustentável dos negócios.

Tais parcerias podem se dar por meio de organismos específicos, como Instituto Aço Brasil (IABr), o Instituto ETHOS de Empresas e Responsabilidade Social ou o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS).

A ArcelorMittal Brasil foi uma das primeiras empresas brasileiras a se tornar signatária do Pacto Global, da iniciativa da ONU e de adesão voluntária, que tem como objetivo estimular a construção de economia mais sustentável e inclusiva, com base em dez princípios-chave derivados da:

  • Declaração Universal dos Direitos Humanos;
  • Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho;
  • Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento;
  • Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção.

A empresa alinha sua atuação com os dez princípios do Pacto Global:

  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global
  • Pacto Global

Princípio 1

Respeitar e apoiar os direitos humanos reconhecidos internacionalmente na sua área de influência.

Princípio 2

Assegurar a não participação da empresa em violações dos direitos humanos.

Princípio 3

Apoiar a liberdade de associação e reconhecer o direito à negociação coletiva.

Princípio 4

Eliminar todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.

Princípio 5

Erradicar efetivamente todas as formas de trabalho infantil de sua cadeia produtiva.

Princípio 6

Estimular práticas que eliminem qualquer tipo de discriminação no emprego.

Princípio 7

Assumir uma abordagem preventiva responsável e proativa para os desafios ambientais.

Princípio 8

Desenvolver iniciativas e práticas para promover e disseminar a responsabilidade socioambiental.

Princípio 9

Incentivar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente responsáveis.

Princípio 10

Combater a corrupção em todas as suas formas, incluindo extorsão e suborno.

A companhia também procura atender aos Oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ou Oito Jeitos de Mudar o Mundo - que formam um conjunto de metas estabelecido pela Organização das Nações Unidas em 2000 para tornar o planeta mais humano, solidário e sustentável, sem prejuízo ao desenvolvimento econômico. Eles preveem trabalhos voluntários e envolvimento amplo do setor privado, que deve atuar por meio de ações de cidadania empresarial, até 2015

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Após 2015, entra em vigor um novo tratado que será intitulado Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que lista 10 temas que todas as nações deverão se empenhar para cumprir até 2030.

Sem inovação, não existiriam grandes cidades

  • Sem inovação, não existiriam grandes cidades

    Nosso aço contribui com a evolução da sociedade, por meio de investimentos em tecnologias e oportunidades para a construção de um amanhã ainda melhor.
    Transformação projetos em realidade.

    Isso é ArcelorMittal